Acesse também:

Facebook Twitter Orkut

Hoje é 07 de Dezembro de 2019 - 05:19h

Cadernos
Rodeios
voltar

Brasileiro ganhou categoria na final de Ranch Sorting da RSNC

A organização registrou, aproximadamente, 5.980 inscrições, em várias divisões e formatos.

Imagem retirada de http://www.violashow.com.br/noticias/esportes/2019/06/24/brasileiro-ganhou-categoria-na-final-de-ranch-sorting-da-rsnc.html#.XRIIA_6nfcc

Imagem retirada de http://www.violashow.com.br/noticias/esportes/2019/06/24/brasileiro-ganhou-categoria-na-final-de-ranch-sorting-da-rsnc.html#.XRIIA_6nfcc

A equipe brasileira fidelizada pela RSCN Brazil que foi participar das finais mundiais de Ranch Sorting deu show! A Cinch RSNC World Finals aconteceu de 9 a 15 de Junho, em Fort Worth, Texas, no famoso Will Rogers Coliseum. Foram distribuídos cerca de US$ 600 mil de premiação em dinheiro e ainda motos, selas e acessórios em geral. A organização registrou, aproximadamente, 5.980  inscrições, em várias divisões e formatos.

Segundo Alex Saleta, diretor da RSNC Brazil, que foi aos Estados Unidos, nas divisões de base, somatórias mais baixas, foi onde ocorreu o maior número de inscritos, com média de 550 inscrições por divisão. "Nas divisões de handicaps mais altos, ou seja, non pro e profissionais, a disputa foi muito grande e bonita de se ver, com alto grau nas apresentações e experiência dos cavaleiros".

Para nossa alegria, tivemos brasileiros no pódio. A comitiva brasileira, que esteve no evento pelo quinto ano seguido, fez uma grande comemoração na arquibancada. Em qualquer modalidade, não é missão fácil competir contra os melhores do mundo. A batalha é árdua para chegar lá. "Mas, o importante é saber que, em todos os níveis participamos, tivemos uma ótima representatividade", reforçou Saleta.

Dos que viajaram para o Texas, competiram Alex Saleta, Evandro Luis Soldi, Luciana Soldi, Thiago Paiva Moreira, José Martins Azevedo de Souza Neto, Leandro Guilhen Marquezi e Roberto Lobão. O grupo de 24 pessoas, inclusive, foi acompanhado e teve total apoio da Yes Viagens. Que não só cuidou de todos os trâmites de embarque, como fez parte da torcida e guiou os brasileiros em passeios.

Leandro Guilhen Marquezi voltou para casa com o título de campeão mundial na categoria Graduado Iniciante #6, mesma divisão em que ficou quinto lugar fazendo dupla com outro brasileiro, José Martins Azevedo de Souza Neto. Também teve seu momento de pódio na maior competição da modalidade, Thiago Paiva Moreira, quarto lugar na All Levels.

Saleta contou que, ao melhor brasileiro, no caso, Leandro Marquezi, foi oferecido pela RSNC Brazil uma fivela da RSNC Internacional. E ele, além da premiação em dinheiro, também ganhou fivela da divisão e uma moto. Alex Saleta e Evandro Soldi chegaram juntos às semifinais da All Levels. "Todos os competidores brasileiros que participaram foram ESilhantes. Estamos todos de parabéns", reforçou Saleta.

Na chegada da comitiva verde e amarela a Fort Worth, domingo, 9 de junho, o presidente da RSNC US, Dave Wolfe, convidou todos a participar do jantar de abertura da competição. "Fomos muito bem recebidos, com cordialidade e apreço, pelos americanos em todos os sentidos. A experiência de participar de um evento desta magnitude é indescritível, pois tudo é muito grandioso e muito competitivo, havendo competidores que correm de diversas formas, sendo mais técnicos, mais agressivos".

"Há àqueles que correm somente pelo resultado. Enfim, temos de tudo um pouco, cavalos maravilhosos trabalhando, outros nem tanto. Por ser um evento muito grande, a diversidade também está implícita em tudo", explicou o dirigente e atleta brasileiro. "O importante é que os competidores brasileiros iniciantes foram na humildade e simplicidade e conseguiram chegar ao topo de forma muito bonita,  muito conscientes e sabendo o que deveriam fazer".

E ele faz um alerta: "Parabéns a todos, para 2020 teremos mais novidades. Para ter a chance de ir aos Estados Unidos, os competidores que atuam nas etapas da RSNC Brasil precisam se fidelizar. Tenho certeza de que ninguém vai se arrepender por ter a chance de vivenciar algo tão bacana."

Fonte: Viola Show, com informações do Cavalus

Brasileiro ganhou categoria na final de Ranch Sorting da RSNC

25/06/2019

A equipe brasileira fidelizada pela RSCN Brazil que foi participar das finais mundiais de Ranch Sorting deu show! A Cinch RSNC World Finals aconteceu de 9 a 15 de Junho, em Fort Worth, Texas, no famoso Will Rogers Coliseum. Foram distribuídos cerca de US$ 600 mil de premiação em dinheiro e ainda motos, selas e acessórios em geral. A organização registrou, aproximadamente, 5.980  inscrições, em várias divisões e formatos.

Segundo Alex Saleta, diretor da RSNC Brazil, que foi aos Estados Unidos, nas divisões de base, somatórias mais baixas, foi onde ocorreu o maior número de inscritos, com média de 550 inscrições por divisão. "Nas divisões de handicaps mais altos, ou seja, non pro e profissionais, a disputa foi muito grande e bonita de se ver, com alto grau nas apresentações e experiência dos cavaleiros".

Para nossa alegria, tivemos brasileiros no pódio. A comitiva brasileira, que esteve no evento pelo quinto ano seguido, fez uma grande comemoração na arquibancada. Em qualquer modalidade, não é missão fácil competir contra os melhores do mundo. A batalha é árdua para chegar lá. "Mas, o importante é saber que, em todos os níveis participamos, tivemos uma ótima representatividade", reforçou Saleta.

Dos que viajaram para o Texas, competiram Alex Saleta, Evandro Luis Soldi, Luciana Soldi, Thiago Paiva Moreira, José Martins Azevedo de Souza Neto, Leandro Guilhen Marquezi e Roberto Lobão. O grupo de 24 pessoas, inclusive, foi acompanhado e teve total apoio da Yes Viagens. Que não só cuidou de todos os trâmites de embarque, como fez parte da torcida e guiou os brasileiros em passeios.

Leandro Guilhen Marquezi voltou para casa com o título de campeão mundial na categoria Graduado Iniciante #6, mesma divisão em que ficou quinto lugar fazendo dupla com outro brasileiro, José Martins Azevedo de Souza Neto. Também teve seu momento de pódio na maior competição da modalidade, Thiago Paiva Moreira, quarto lugar na All Levels.

Saleta contou que, ao melhor brasileiro, no caso, Leandro Marquezi, foi oferecido pela RSNC Brazil uma fivela da RSNC Internacional. E ele, além da premiação em dinheiro, também ganhou fivela da divisão e uma moto. Alex Saleta e Evandro Soldi chegaram juntos às semifinais da All Levels. "Todos os competidores brasileiros que participaram foram ESilhantes. Estamos todos de parabéns", reforçou Saleta.

Na chegada da comitiva verde e amarela a Fort Worth, domingo, 9 de junho, o presidente da RSNC US, Dave Wolfe, convidou todos a participar do jantar de abertura da competição. "Fomos muito bem recebidos, com cordialidade e apreço, pelos americanos em todos os sentidos. A experiência de participar de um evento desta magnitude é indescritível, pois tudo é muito grandioso e muito competitivo, havendo competidores que correm de diversas formas, sendo mais técnicos, mais agressivos".

"Há àqueles que correm somente pelo resultado. Enfim, temos de tudo um pouco, cavalos maravilhosos trabalhando, outros nem tanto. Por ser um evento muito grande, a diversidade também está implícita em tudo", explicou o dirigente e atleta brasileiro. "O importante é que os competidores brasileiros iniciantes foram na humildade e simplicidade e conseguiram chegar ao topo de forma muito bonita,  muito conscientes e sabendo o que deveriam fazer".

E ele faz um alerta: "Parabéns a todos, para 2020 teremos mais novidades. Para ter a chance de ir aos Estados Unidos, os competidores que atuam nas etapas da RSNC Brasil precisam se fidelizar. Tenho certeza de que ninguém vai se arrepender por ter a chance de vivenciar algo tão bacana."

Imagem retirada de http://www.violashow.com.br/noticias/esportes/2019/06/24/brasileiro-ganhou-categoria-na-final-de-ranch-sorting-da-rsnc.html#.XRIIA_6nfcc

Jornal do Rodeio

Acesse também:

Facebook Orkut Twitter